INE confirma corte à cabeça de 13,88% nas reformas antecipadas deste ano

As reformas antecipadas pedidas este ano terão um corte à cabeça de 13,88%, tendo em conta os dados da esperança média de vida, de que depende o fator de sustentabilidade a aplicar àquelas pensões, hoje confirmados pelo INE.

Os dados definitivos da esperança média de vida aos 65 anos, hoje publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), indicam que este indicador é de 19,31 anos, confirmando-se assim as estatísticas provisórias avançadas em novembro.

Fonte do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social disse hoje à Lusa que estes dados farão com que "o fator de sustentabilidade a aplicar às pensões atribuídas este ano seja de 13,88%".

Isto significa que as reformas antecipadas deste ano terão uma penalização à cabeça de 13,88%, tanto no caso das pensões da Segurança Social como no caso das da Caixa Geral de Aposentações.

A este corte acresce ainda um outro que varia em função do tempo que o trabalhador pretende antecipar a sua reforma, tendo uma redução de 0,5% por cada mês que falte para a idade da reforma (atualmente nos 66 anos e três meses).

As regras de atribuição e cálculo das reformas antecipadas estão a ser revistas e negociadas entre o Governo e os parceiros sociais, sendo que a última proposta do executivo eliminava o fator de sustentabilidade, que faz depender a evolução das pensões da esperança média de vida e é determinado a cada ano, para todas as reformas antecipadas, mas não determinava a partir de quando deixará de ser aplicado.

As novas regras deverão também permitir que os pensionistas com carreiras contributivas muito longas (48 ou mais anos de descontos) e os que tenham carreiras contributivas longas (pelo menos 46 anos) e que tenham começado a trabalhar antes dos 15 anos que se reformem antecipadamente sem qualquer perda do valor da pensão a receber.

Esta proposta não acolhe as exigências das centrais sindicais, que exigiam que trabalhadores com 40 anos de descontos e 60 anos de idade pudessem aceder à reforma antecipada sem penalizações, uma situação que o ministro do Trabalho, Vieira da Silva, justificou com a necessidade de proteger a sustentabilidade financeira da Segurança Social.

A penalização de 0,5% por mês por cada ano de antecipação da reforma deverá manter-se para a generalidade dos trabalhadores, prevendo a proposta do executivo um alívio desta penalização, para os 0,4% por cada mês de antecipação, apenas para aqueles que começaram a trabalhar antes dos 16 anos de idade e que tenham pelo menos 60 anos de idade e 40 anos de descontos à data da reforma.

Fonte:Lusa

Last modified onsegunda, 29 maio 2017 17:09

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Outras Informações

Festicante em Aljustrel promove cante al…

Concertos de Bonga, YamiAfriKa com Miguel Ângelo e Angola Zone com Nancy Vieira marcam o 2.º Festicante, que decorre entre sexta-feira e domingo, em Aljustrel, para promover o cante alentejano...

13-09-2017 Hits:72 Noticias Regionais

Read more

"Portugal em Revista", no Teat…

No ano em que o Teatro Maria Vitória comemora 95 anos, Hélder Freire Costa prepara-se para surpreender tudo e todos com uma espetacular Revista à Portuguesa "Portugal em Revista". Paulo...

13-09-2017 Hits:58 Passatempos

Read more

Orquestra Gulbenkian e "Santarém Ja…

Um concerto com a Orquestra Gulbenkian, no próximo dia 21, no Convento de S. Francisco e a primeira edição do "Santarém JazzFest", dia 30, são destaques da programação do Centro...

12-09-2017 Hits:71 Noticias Da Música

Read more

Salas fechadas ao público do Palácio de …

O festival In'Musica, com três concertos de música dos séculos XVIII e XIX, realiza-se entre sexta-feira e domingo em salas do Palácio de Mafra que costumam estar fechadas ao público.

12-09-2017 Hits:65 Noticias Da Música

Read more

Estreia de Ana Bacalhau e regresso de Or…

A estreia a solo da vocalista dos Deolinda, Ana Bacalhau, o regresso dos Orelha Negra e a homenagem de Camané a Alfredo Marceneiro estão entre os discos portugueses a editar...

04-09-2017 Hits:85 Noticias Da Música

Read more

Programação do Teatro Virgínia com Nouve…

A programação até dezembro do Teatro Virgínia, em Torres Novas, inclui nomes da música, do teatro, da dança e do novo circo, como Nouvelle Vague, Ana Moura, Mala Voadora, Teatro...

04-09-2017 Hits:72 Noticias Da Música

Read more

O site da Ultra FM usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Mais informação aqui.