David Fonseca gravou um tributo a David Bowie, o artista que fugia da banalidade

Manuela Azevedo, Aurea, Camané e Rui Reininho são alguns dos músicos que reinterpretaram temas de David Bowie para um álbum-tributo que David Fonseca gravou, em homenagem a um artista que fugia da banalidade.

O álbum "Bowie70", a editar no dia 17, reúne canções do músico britânico que David Fonseca revisitou com arranjos novos e a tocar todos os instrumentos, deixando a interpretação vocal para mais de uma dezena de convidados.

Em entrevista à agência Lusa, David Fonseca contou que a criação do disco surgiu de um convite da editora Sony Music, feito há um ano e que recusou.

"Disse logo que não. Como era possível pegar num repertório do Bowie tão denso e complicado? Mas depois fiz duas ou três versões de experiências, já a pensar em algumas pessoas para a cantarem, compreendi o projeto e aceitei", disse.

David Fonseca passou parte do verão e do outono a trabalhar nos arranjos novos e a gravar com os músicos. Escolheu 25 músicas de David Bowie - "aquelas que sabia assim de cabeça, de imediato" -, das quais sobraram 13, uma para cada intérprete diferente.

Tiago Bettencourt canta "Absolute beginners", Marta Ren pegou em "Fame", Rui Reininho em "Where are we now" e Márcia em "This is not America".

David Fonseca convidou ainda Manuela Azevedo e Camané - com quem partilhou o projeto Humanos -, que interpretam "Modern Love" e "Space Oddity", respetivamente.

O alinhamento integra ainda Aurea, Rita Redshoes, Afonso Rodrigues (Sean Riley & The Slowriders), António Zambujo, Catarina Salinas (Best Youth) e Ana Moura.

"Faço versões há tantos anos que acho que já perdi o filtro e não me importo nada se gostam ou não. Acho que não se deve comparar com o original, porque são coisas diferentes. Idealizei as músicas a pensar em vozes extraordinárias independentemente dos géneros. Acho que temos muitos complexos em misturar universos. Não quero saber", disse.

Quando pegou no projeto, a primeira canção que experimentou foi "Blue Jean", de 1984.

"Foi a primeira música dele que vi na televisão quando era miúdo e na altura achei piada e ao mesmo tempo estranho. E a verdade é que David Bowie nunca deixou de ser estranho, nunca largou um objetivo, e do ponto de vista do criador isso é muito importante", disse David Fonseca.

David Bowie morreu em janeiro de 2016 dias depois de ter feito 69 anos e de ter lançado o álbum "Blackstar". É desse registo que David Fonseca escolhe o tema "Lazarus", que interpreta no fecho de "Bowie70".

"Isto é um absoluto cliché, mas com a morte dele o mundo fica de facto mais pobre, sobretudo numa altura em que a banalidade tem um peso absurdo. E com a morte dele ganha a banalidade. É que não há mais ninguém a fazer o que ele fazia e é disso que sinto falta", contou.

A capa de "Bowie 70" apresenta todos os intérpretes portugueses e recria a imagem do álbum "The rise and fall of Ziggy Stardust and the spiders from Mars", editado por David Bowie em 1972.

Quanto a uma possível transposição do álbum para um espectáculo ao vivo, David Fonseca responde: "Não faço ideia, já me questionaram sobre isso, já falámos sobre isso, mas não sei se vai acontecer".

                                          Alinhamento BOWIE 70

1. Absolute Beginners - Tiago Bettencourt
2. Modern Love - Manuela Azevedo
3. Let's Dance - Afonso Rodrigues
4. Life on Mars? - António Zambujo
5. Space Oddity - Camané
6. Blue Jean- Catarina Salinas
7. Fame - Marta Ren
8. Heroes - Rita Redshoes
9. This is Not America - Márcia
10. The Man Who Sold The World Ana Moura
11. Starman - Aurea
12. Where Are We Now? - Rui Reininho
13. Lazarus- David Fonseca

Fonte:Lusa

Last modified onsábado, 11 fevereiro 2017 22:48

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Outras Informações

Militares do Exército e Marinha reforçam…

Cerca de 200 militares do Exército e da Marinha vão patrulhar de hoje a domingo áreas de floresta em dez distritos do país com maior risco de incêndios, anunciou hoje...

13-07-2017 Hits:21 Notícias Nacionais

Read more

Órgãos históricos de Santarém recebem no…

O centro histórico de Santarém acolhe no sábado um “périplo de sete mini-recitais”, com sete organistas a tocarem os órgãos históricos existentes em templos da cidade.

13-07-2017 Hits:26 Noticias Regionais

Read more

Câmara da Moita investiga aparecimento d…

A Câmara Municipal da Moita está a investigar o surgimento de vários animais mortos, em especial patos, na confluência do Rio da Moita com a Caldeira da Moita, junto ao...

12-07-2017 Hits:22 Noticias Regionais

Read more

Vitivinicultores de Setúbal estimam queb…

Os vitivinicultores de Setúbal vão pedir ajuda ao Governo para fazer face aos prejuízos provocados pela onda de calor do passado mês de junho.

12-07-2017 Hits:25 Noticias Regionais

Read more

Paulo Bragança regressa aos palcos nacio…

Paulo Bragança, fadista que fez parte do catálogo da discográfica de David Byrne, regressa aos palcos nacionais no Festival Caixa Alfama, que se realiza nos dias 15 e 16 de...

12-07-2017 Hits:31 Noticias Da Música

Read more

"Be True" é o regresso dos Han…

Já toca na Ultra FM, "Be True" é o primeiro single do próximo disco de Hands on Approach e produzido por Vasco Ramos - Producer.

12-07-2017 Hits:31 Noticias Da Música

Read more

O site da Ultra FM usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Mais informação aqui.