Fortaleza de São Filipe em Setúbal reabre ao público com zonas interditadas

A Fortaleza de São Filipe, na cidade de Setúbal, reabre na sexta-feira com uma Feira Quinhentista depois de ter estado encerrada durante dois anos, por razões de segurança, mas vai continuar com algumas áreas interditadas ao público.

Fonte do Gabinete da Presidência da Câmara Municipal de Setúbal disse à Lusa que, apesar de já terem financiamento garantido no valor de três milhões de euros, no âmbito de uma candidatura a fundos comunitários, os trabalhos de consolidação da encosta da fortaleza só agora estão prestes a começar, dado que, entretanto, foi necessário cumprir todas as formalidades legais e lançar o concurso público.

Face à demora na realização das obras, a autarquia celebrou, entretanto, um protocolo com o Grupo Pestana, que explora a Pousada de São Filipe, no interior da fortaleza, para permitir a reabertura do bar e da esplanada, mantendo-se a interdição ao público de algumas zonas de risco.

Esta situação deverá prolongar-se até à conclusão das obras.

Segundo a autarquia, já foram realizadas várias intervenções para garantir a segurança das zonas que apresentavam risco de derrocada.

As zonas da esplanada e do bar, que vão reabrir ao público, não constituem qualquer perigo para os setubalenses e turistas que todos os anos visitam aquele monumento nacional construído no século XVI, durante o período de ocupação espanhola, sublinha o município.

Há cerca de um ano, a Câmara de Setúbal assinou um protocolo com as direções-gerais do Tesouro e Finanças e do Património Cultural, com a Enatur – Empresa Nacional de Turismo e o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), para uma intervenção de natureza estrutural destinada a evitar a derrocada da encosta.

A fragilidade de algumas zonas envolventes da Fortaleza de São Filipe está identificada desde março de 2007, altura em que um relatório do LNEC alertou para o perigo de derrocada e perda de vidas humanas, no caso de se verificar um sismo ou um período de chuvas intensas e prolongadas, mas só agora, dez anos depois, parecem estar reunidas as condições necessárias para a estabilização da encosta.

A Câmara de Setúbal não avança para já com qualquer data para o início das obras, mas admite que a intervenção de consolidação da encosta da Fortaleza de São Filipe poderá arrancar dentro de pouco tempo e estar concluída no prazo de dois anos.

Last modified onquarta, 05 abril 2017 15:16

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Outras Informações

Festival Bons Sons completa cartaz com J…

O músico José Cid vai apresentar, a 13 de agosto, no festival Bons Sons, em Cem Soldos (Tomar), o álbum de rock progressivo "10.000 anos depois entre Vénus e Marte...

23-05-2017 Hits:11 Noticias Da Música

Read more

Foi renovada a parceria entre a CM Vila …

Na passada 2ª feira, 22 de maio foi assinado, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, o protocolo para apoio a famílias carenciadas do Concelho de...

23-05-2017 Hits:15 Noticias Regionais

Read more

Câmara de Vila Velha de Ródão preocupada…

O presidente da Câmara de Vila Velha de Ródão, Luís Pereira, manifestou hoje preocupação com o funcionamento da empresa Centroliva e sublinhou que os níveis de emissões poluentes continuam inaceitáveis.

23-05-2017 Hits:10 Noticias Regionais

Read more

Empresários lusófonos conhecem em Santar…

Mais de 25 empresários lusófonos de 14 países participam, até quarta-feira, em Santarém, no Encontro de Negócios em Português, iniciativa da Associação Empresarial da Região de Santarém que visa aumentar...

23-05-2017 Hits:11 Noticias Regionais

Read more

MP de Santarém arquiva processo da crian…

O Ministério Público de Santarém arquivou o processo de inquérito relacionado com o desaparecimento de uma criança em Ourém, por "ausência de indícios" de crimes, revela hoje uma informação na...

23-05-2017 Hits:12 Noticias Regionais

Read more

Movimento antinuclear espera reunir 10 m…

O Movimento Ibérico Antinuclear (MIA) prevê reunir no dia 10 de junho, em Madrid, Espanha, 10 mil pessoas na maior manifestação na Península Ibérica contra o nuclear, revelou hoje o...

23-05-2017 Hits:13 Notícias Nacionais

Read more

O site da Ultra FM usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Mais informação aqui.