Câmara da Moita investiga aparecimento de aves mortas na Caldeira da Moita

A Câmara Municipal da Moita está a investigar o surgimento de vários animais mortos, em especial patos, na confluência do Rio da Moita com a Caldeira da Moita, junto ao Largo da Feira, anunciou hoje a autarquia.

"Nos últimos dias, surgiram muitos exemplares de aves mortas na confluência do Rio da Moita com a Caldeira da Moita, junto ao Largo da Feira.

A fim de apurar as causas deste incidente, a Câmara Municipal da Moita tem estado a proceder a diversas diligências junto das entidades competentes", refere a autarquia, em comunicado.

Nas redes sociais surgiram vídeos e fotografias em que é possível ver os animais muito debilitados ou já mortos na zona da Caldeira da Moita.

A autarquia salienta que já contactou o Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente da GNR e a Divisão de Alimentação Veterinária de Setúbal, a Direção de Serviços de Alimentação e Veterinária da Região de Lisboa e Vale do Tejo, tendo também efetuado várias análises com o Laboratório Pró Qualidade (LPQ) para investigar as causas.

Também o Partido Socialista da Moita abordou o tema, lembrando que já tinha interrogado a autarquia, liderada por Rui Garcia (CDU), sobre o assunto.

"Não obstante o PS ter interrogado a Câmara sobre a morte de patos e peixes no Rio da Moita e na Caldeira e termos obtido como resposta que já tinham feito queixa à GNR e a diversas entidades, a verdade é que a mortandade continua", refere o PS Moita.

Os deputados do PS, eleitos pelo Círculo Eleitoral de Setúbal, anunciaram hoje que já questionaram o Ministério do Ambiente sobre a ocorrência detetada.

"Na vala real que percorre a área que vai da Autoeuropa (Palmela) até à caldeira da freguesia de Moita (Moita) foram, recentemente, identificados patos e pombos mortos, o que permite presumir ter existido descarga inadequada", referem os deputados.

Eurídice Pereira, deputada e coordenadora do grupo de deputados socialistas de Setúbal, refere que é público que a ocorrência foi participada à GNR, mas que se desconhecem mais pormenores.

"Queremos saber se é do conhecimento do Ministério do Ambiente a referida ocorrência e o que dela se conhece, se teve participação da ocorrência por parte da Câmara Municipal da Moita, que diligências pretende o Ministério desenvolver para identificar a origem do problema e procurámos ainda saber se, nos últimos três anos, teve algum conhecimento de ocorrências na referida vala e que medidas foram tomadas", afirmou.

Fonte:Lusa

Last modified onquarta, 12 julho 2017 16:24

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Outras Informações

Leilão solidário organizado pelo Cooljaz…

O leilão solidário de uma guitarra assinada por Chrissie Hynde, vocalista da banda The Pretenders, rendeu 1.565 euros, que revertem para a Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa (APCL), anunciou...

18-07-2017 Hits:26 Noticias Da Música

Read more

Moonspell e Amenra e Oatbreaker abrem Re…

Os portugueses Moonspell e os belgas Amenra e Oathbreaker são os cabeças-de-cartaz do primeiro dia do festival Reverence, que se vai realizar em Santarém, junto ao Tejo, a 08 e...

13-07-2017 Hits:27 Noticias Da Música

Read more

Militares do Exército e Marinha reforçam…

Cerca de 200 militares do Exército e da Marinha vão patrulhar de hoje a domingo áreas de floresta em dez distritos do país com maior risco de incêndios, anunciou hoje...

13-07-2017 Hits:31 Notícias Nacionais

Read more

Órgãos históricos de Santarém recebem no…

O centro histórico de Santarém acolhe no sábado um “périplo de sete mini-recitais”, com sete organistas a tocarem os órgãos históricos existentes em templos da cidade.

13-07-2017 Hits:35 Noticias Regionais

Read more

Câmara da Moita investiga aparecimento d…

A Câmara Municipal da Moita está a investigar o surgimento de vários animais mortos, em especial patos, na confluência do Rio da Moita com a Caldeira da Moita, junto ao...

12-07-2017 Hits:29 Noticias Regionais

Read more

Vitivinicultores de Setúbal estimam queb…

Os vitivinicultores de Setúbal vão pedir ajuda ao Governo para fazer face aos prejuízos provocados pela onda de calor do passado mês de junho.

12-07-2017 Hits:29 Noticias Regionais

Read more

O site da Ultra FM usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Mais informação aqui.