Almaraz: Incidente “não teve nenhum impacto”, diz o Conselho de Segurança Nuclear

O Conselho de Segurança Nuclear (CSN) de Espanha informou hoje que o incidente ocorrido na central de Almaraz “não teve nenhum impacto”, classificando-se no nível zero na Escala Internacional de Ocorrências Nucleares (INES), que tem sete níveis.

O incidente, “que não teve nenhum impacto sobre os trabalhadores, o público ou o ambiente, é classificado com nível zero” na INES, elaborada pela Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) para informar o público sobre a gravidade das ocorrências em instalações nucleares, refere o CSN em comunicado.

O CNS refere no comunicado que foi informado pelo titular da Central Nuclear de Almaraz da ocorrência de uma paragem não programada na Unidade 1 devido à paragem da bomba principal número dois.

“Os sistemas de segurança funcionaram corretamente e a unidade encontra-se parada, em condição estável e segura”, adianta o CSN no comunicado, adiantando que a central já desencadeou uma investigação para averiguar a causa do incidente.

A Central Nuclear de Almaraz já tinha informado, em comunicado, que os seus funcionários estão investigar a anomalia e a realizar testes e inspeções para voltar a ligar a rede elétrica da unidade.

Segundo a central nuclear, “todos os controlos e proteções” funcionaram corretamente aquando da paragem do reator.

A situação foi denunciada pelo Movimento o Movimento Ibérico Antinuclear (MIA) e a Associação Ecologistas em Ação que reiteram a sua exigência para que não seja renovada a autorização de funcionamento da central de Almaraz, que tem licença até 2020.

“Esta acumulação de incidentes, ainda mais quando acontece no mesmo sistema de alimentação elétrica, mostra claramente que a central trabalha, a cada dia que passa, com a segurança mais degradada”, adverte o Movimento Ibérico Antinuclear, composto por várias organizações portuguesas e espanholas, e os Ecologistas em Ação.

Para os ambientalistas, é imperativo a realização de uma investigação para averiguar a causa específica dessas falhas repetidas.

“A causa principal é claramente o envelhecimento progressivo da central, que aconselha a que não seja prolongado o seu funcionamento”, vincam no comunicado.

Fonte:Lusa

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Outras Informações

Leilão solidário organizado pelo Cooljaz…

O leilão solidário de uma guitarra assinada por Chrissie Hynde, vocalista da banda The Pretenders, rendeu 1.565 euros, que revertem para a Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa (APCL), anunciou...

18-07-2017 Hits:26 Noticias Da Música

Read more

Moonspell e Amenra e Oatbreaker abrem Re…

Os portugueses Moonspell e os belgas Amenra e Oathbreaker são os cabeças-de-cartaz do primeiro dia do festival Reverence, que se vai realizar em Santarém, junto ao Tejo, a 08 e...

13-07-2017 Hits:26 Noticias Da Música

Read more

Militares do Exército e Marinha reforçam…

Cerca de 200 militares do Exército e da Marinha vão patrulhar de hoje a domingo áreas de floresta em dez distritos do país com maior risco de incêndios, anunciou hoje...

13-07-2017 Hits:30 Notícias Nacionais

Read more

Órgãos históricos de Santarém recebem no…

O centro histórico de Santarém acolhe no sábado um “périplo de sete mini-recitais”, com sete organistas a tocarem os órgãos históricos existentes em templos da cidade.

13-07-2017 Hits:34 Noticias Regionais

Read more

Câmara da Moita investiga aparecimento d…

A Câmara Municipal da Moita está a investigar o surgimento de vários animais mortos, em especial patos, na confluência do Rio da Moita com a Caldeira da Moita, junto ao...

12-07-2017 Hits:28 Noticias Regionais

Read more

Vitivinicultores de Setúbal estimam queb…

Os vitivinicultores de Setúbal vão pedir ajuda ao Governo para fazer face aos prejuízos provocados pela onda de calor do passado mês de junho.

12-07-2017 Hits:28 Noticias Regionais

Read more

O site da Ultra FM usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Mais informação aqui.