“O Sangue das Palavras” no Auditório do Casino Estoril.

“O Sangue das Palavras” no Auditório do Casino Estoril.

Ganhe bilhetes duplos, no “Programa da Manhã”, entre as 07 e as 10h.

Vamos imaginar que Ary dos Santos ainda hoje era vivo… com Facebook e Instagram. Com acesso às redes sociais. E basta só imaginarmos isto porque o resto, até podemos calcular o que seria. Uma festa. Com tudo à mistura.
É este Ary que nos interessa. A pessoa. O homem. Pois foi do homem que nasceu um dos melhores poetas contemporâneos de Portugal.
O Sangue das Palavras. As palavras de Ary. O dom da palavra do Ary. Palavras ensanguentadas porque põem o dedo na ferida. Porque são uma arma. Mas é nele que também encontramos a nossa alma. A nossa verdadeira alma. Enquanto o ser humano for contra qualquer injustiça, não importa qual ou de que género, haverá sempre um Ary. Somos todos Ary. E o conceito que temos sobre liberdade e justiça vai muito para além da nossa cor política, ou até mesmo de qualquer outra cor.
O Sangue das Palavras acompanha a vida deste poeta, passando por muitos dos seus mais belos poemas cantados.
É este Ary que nos interessa. O Ary das canções que ainda hoje são cantadas. Mas nem o talento nem o dom imensos conseguiram preencher a tristeza e profunda solidão que nele habitavam. E foi essa solidão que pôs fim a esta alma inquieta.

*Não é obrigatório o uso de máscara.

Passatempos